Agro é pop? Agro é tech? As maravilhas escondidas do solo

Muito tem se falado sobre agricultura nos últimos anos e como tem se tornado algo primordial para a vida em nosso planeta atualmente. De fato, a agricultura é parte importante para a sobrevivência humana, pois sem ter quem plante e colha alimentos necessários para a vida, como seríamos capazes de cuidar de cerca de 8 bilhões de pessoas no mundo?
Publicado em Negócios dia 28/09/2022 por Alan Corrêa

Muito tem se falado sobre agricultura nos últimos anos e como tem se tornado algo primordial para a vida em nosso planeta atualmente. De fato, a agricultura é parte importante para a sobrevivência humana, pois sem ter quem plante e colha alimentos necessários para a vida, como seríamos capazes de cuidar de cerca de 8 bilhões de pessoas no mundo?

Conclui-se então que a agricultura é fundamental, no entanto, existem também os cuidados necessários para que essa prática não seja prejudicial à vida humana. Por exemplo, o cuidado mais comum é quanto ao uso de fertilizantes e químicos para o controle de pragas etc. Se esses produtos que servem como ferramentas para a agricultura forem usados de maneira incorreta ou imprópria, o dano pode ser imensurável, impactando diretamente na vida de bilhões de pessoas, na economia e no cenário sócio político atual.

Agricultura que vai além da superfície

O trigo (Triticum sp.) é uma cultura de grande importância econômica e alimentícia, pois faz parte da dieta de praticamente toda a população mundial.
O trigo (Triticum sp.) é uma cultura de grande importância econômica e alimentícia, pois faz parte da dieta de praticamente toda a população mundial.

Se engana quem pensa que a agricultura envolve apenas plantar e colher alimentos da terra. Um fator muito importante, que às vezes é esquecido, é o solo. Sim, o solo é de extrema importância para a vida no geral, não apenas para a agricultura. No entanto, apesar dos esforços para o cuidado do solo, isso tem sido algo que passa despercebido atualmente.

E o solo é algo que leva tempo para se desenvolver, geralmente centenas a milhares de anos. O que envolve a decomposição de plantas e animais e o acúmulos de rochas provenientes da superfície. Conforme o solo vai se formando, acontece o acúmulo de carbono. Estudos comprovam que o solo é responsável por armazenar de duas a três vezes mais carbono do que há presente na atmosfera. E as plantas juntamente com o solo trabalham em conjunto para fazer com que o fenômeno mais importante da transformação do carbono nesse planeta aconteça, a fotossíntese.

Cuidados que temos que tomar para o futuro

A cenoura é uma planta da família das apiáceas conhecida e apreciada desde a época dos antigos gregos e romanos. O nome também designa a raiz dessa planta, raiz esta que é tuberosa, laranja, com uma textura lenhosa e comestível.
A cenoura é uma planta da família das apiáceas conhecida e apreciada desde a época dos antigos gregos e romanos. O nome também designa a raiz dessa planta, raiz esta que é tuberosa, laranja, com uma textura lenhosa e comestível.

Desde nutrir nossos alimentos até armazenar grandes quantidades de carbono, o solo está repleto de vida microbiana diversificada que pode retardar o aquecimento global.

“Os solos são a base literal da vida neste planeta – a razão pela qual comemos e a solução climática apenas esperando para ser desvendada”, disse a cientista de mudanças climáticas Jane Zelikova.

Zelikova pede por práticas agrícolas que protejam o solo da Terra, cultivando culturas adaptadas ao clima que não mexam com os micróbios.

O rabanete é uma hortaliça cultivada na Europa desde a Antiguidade, hoje é consumida no mundo todo por seu sabor adocicado, refrescante e picante.
O rabanete é uma hortaliça cultivada na Europa desde a Antiguidade, hoje é consumida no mundo todo por seu sabor adocicado, refrescante e picante.

Nos últimos 12.000 anos a humanidade perdeu bilhões de toneladas de carbono armazenados no solo conforme foi ocorrendo a mudança de terras e florestas em campos de agricultura, a construção de cidades e estradas. Hoje em dia, usa-se mais de um terço das terras do planeta apenas para vestimenta e alimentação, mas estamos perdendo a fertilidade do solo como um todo em um nível cada vez mais alarmante. Sendo assim, vai ficar ainda mais difícil sustentar a estimada população de cerca de 10 bilhões de pessoas em 2050.

Como recuperar a preciosidade que há debaixo dos pés?

Videira, vite, vinha, vinhal, vinhedo ou parreira são denominações do gênero de plantas arbustivas da família das vitáceas, antigamente chamada Ampelidacee. A espécie mais conhecida do gênero é a Vitis vinifera L., responsável pela produção de vinho.
Videira, vite, vinha, vinhal, vinhedo ou parreira são denominações do gênero de plantas arbustivas da família das vitáceas, antigamente chamada Ampelidacee. A espécie mais conhecida do gênero é a Vitis vinifera L., responsável pela produção de vinho.

Não há tecnologia ou máquinas que sejam capazes de fazer o que apenas milhares de anos de desgaste natural de rochas e atividade biológica foram capazes de atingir. Mas nós podemos “moldar” nosso solo e colocar mais carbono debaixo de nós com uma pequena ajuda de planta e micróbios. Fazer isso também exige que nós repensemos sobre a nossa confiança em tecnologia e máquinas para fazer o que apenas o solo sozinho consegue fazer: apoiar a vida.

Com a rápida inovação de ferramentas moleculares e computacionais, finalmente estamos tendo um olhar mais próximo de quem são os organismos responsáveis por moldar e guiar a vida dos solos na terra, como as bactérias, fungos, protistas e arqueias.

Revertendo a situação

As maçãs geralmente não crescem bem em ambientes extremamente quentes, onde as temperaturas permanecem moderadas a escaldantes na maior parte do ano.
As maçãs geralmente não crescem bem em ambientes extremamente quentes, onde as temperaturas permanecem moderadas a escaldantes na maior parte do ano.

A parte boa de tudo isso é que somos capazes de restaurar a concentração de carbono no solo e transformá-los novamente para ficar melhor do que nunca, deixando a biodiversidade trabalhar. Para isso, algo muito importante é a diversidade. Sim, a diversidade de comunidades de plantas apoiam a vida de diversos organismos que são os protagonistas dessa história. E assim como precisamos de todos os micróbios, também precisamos de todos os fazendeiros, agricultores, todas as soluções climáticas e todos os solucionadores de problemas.

Nós não temos tempo a perder, a mudança climática está aqui e está afetando a todos nós, quer saibamos ou não. Está afetando todos os ecossistemas, incluindo a agricultura. Os solos são a base literal da vida neste planeta, a razão pela qual podemos comer e viver diariamente.

*Com informações do TED.