Novo Kwid 2023 tem versão como carro elétrico

A Renault está apresentando para o brasileiro um dos carros elétricos mais baratos que você vai encontrar, o Kwid E-TECH.

Veículos
Publicado em 23/04/2022 por Alan Corrêa
Novo Kwid 2023 tem versão como carro elétrico

Apesar do preço ainda ser bem alto para o motorista comum, para um veículo elétrico o valor está acessível, ainda mais se você levar em consideração que o custo aproximado em eletricidade por quilômetro rodado é de R$ 0,06.

Kwid E-TECH

Com uma motorização elétrica, a Renault diz que o modelo foi desenvolvida de acordo com o gosto do consumidor brasileiro, o Kwid E-TECH Electric promete ser ágil no trânsito urbano.

Os itens de segurança de série incluem freios ABS com BAS (Braking Assist System), controle eletrônico de estabilidade (ESP), assistente de partida em rampa (HSA), seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois de cortina) e alerta de pressão de pneus, entre outros.
Os itens de segurança de série incluem freios ABS com BAS (Braking Assist System), controle eletrônico de estabilidade (ESP), assistente de partida em rampa (HSA), seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois de cortina) e alerta de pressão de pneus, entre outros.

A ideia não é ser um super esportivo, até porque segundo a montadora, para uma aceleração de 0 aos 50 km/h, são necessários 4,1 segundos, ou seja, ele deve ser usado no dia a dia na cidade, com foco em ser econômico, além de ser mais ecologicamente correto do que os carros a combustão.

Um boa novidade é que o Kwid E-TECH tem o melhor índice de eficiência energética, de 0,44 MJ/km, entre todos os elétricos do Brasil, de acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro (tabela publicada em 10 de fevereiro de 2022).

Além disso, o Kwid E-TECH traz o sistema AVAS (Acoustic Vehicle Alert System) que emite um sinal sonoro de alerta aos pedestres até o veículo atingir 30 km/h, velocidade comum em áreas urbanas. Esse som é uma assinatura exclusiva a todos os modelos elétricos do Renault Group.
Além disso, o Kwid E-TECH traz o sistema AVAS (Acoustic Vehicle Alert System) que emite um sinal sonoro de alerta aos pedestres até o veículo atingir 30 km/h, velocidade comum em áreas urbanas. Esse som é uma assinatura exclusiva a todos os modelos elétricos do Renault Group.

A autonomia é de 298 quilômetros no uso urbano, segundo a norma SAE J1634, utilizada pelo Inmetro. Valor mais do que suficiente para a jornada diária média nas grandes cidades.

Outra vantagem é a economia do quilômetro rodado, natural nos veículos elétricos, que no Kwid E-TECH é também resultado do peso de apenas 977 kg. Traduzindo em valores: considerando R$ 7,30 o preço médio da gasolina em capitais do Sul e Sudeste, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), e o valor médio de 1kWh a R$ 0,66, o custo de um quilômetro rodado do Kwid E-TECH é de R$ 0,06. Esse mesmo quilômetro rodado custa R$ 0,48 em um veículo térmico equivalente.

Outro destaque inovador do Kwid E-TECH é a facilidade para recarregar a bateria, que possui capacidade 26,8 kWh e que pode ser carregado até em uma tomada doméstica 20A aterrada.

O Kwid E-TECH não passa despercebido. Sua frente ostenta uma personalidade forte com um capô vincado, um grande para-choque, além de um conjunto óptico separado com luzes de circulação diurna (DRL) em LED que se prolongam até a grade fechando o conjunto visual. Marca registrada dos veículos elétricos, a grade frontal do Kwid E-TECH é inteiriça. Contemporânea, ela também tem a função de alojar a tampa de recarga cuja abertura é acionada através de um comando interno no painel no lado do motorista.
O Kwid E-TECH não passa despercebido. Sua frente ostenta uma personalidade forte com um capô vincado, um grande para-choque, além de um conjunto óptico separado com luzes de circulação diurna (DRL) em LED que se prolongam até a grade fechando o conjunto visual. Marca registrada dos veículos elétricos, a grade frontal do Kwid E-TECH é inteiriça. Contemporânea, ela também tem a função de alojar a tampa de recarga cuja abertura é acionada através de um comando interno no painel no lado do motorista.

“A gama Renault E-TECH conecta inovação e tecnologia a um mundo mais sustentável e o Kwid E-TECH chega para ampliar essa oferta para o consumidor brasileiro”, afirma Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

Na ideia de ser um veículo completo, o Kwid E-TECH traz seis airbags, controle eletrônico de estabilidade (ESP), freios ABS com BAS (Braking Assist System), assistente de partida em rampa (HSA), câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, sistema multimídia Media Evolution e direção elétrica, entre outros itens de segurança e conforto.

Preço do novo Kwid 2023 elétrico

A traseira é marcada por um robusto para-choque, que traz elementos como protetor (skid plate) pintado na cor prata e refletores integrados.
A traseira é marcada por um robusto para-choque, que traz elementos como protetor (skid plate) pintado na cor prata e refletores integrados.

O Kwid E-TECH Electric é oferecido em única versão e tem preço sugerido de R$ 142.990. Os pedidos tanto para a venda como na modalidade Renault on Demand podem ser feitos a partir do site da montadora com um sinal compra. O carro deve ser entregue a partir de agosto.

Mobilidade elétrica

A motorização 100% elétrica de 48 kW (equivalente a 65 cv) é associada a uma bateria de 26,8 kWh e possibilita uma experiência de vida a bordo capaz de combinar conforto e performance. E isso é sentido pela pronta resposta da aceleração, ausência de ruído e a não necessidade de troca de marchas. Durante o uso não há emissão de poluentes ou CO2.

A identidade E-TECH está presente nas faixas laterais e na tampa traseira com a inscrição E-TECH Electric.

Leve e compacto, o Kwid E-TECH Electric oferece uma autonomia de 265 km em ciclo misto e 298 km em ciclo urbano, segundo a norma SAE J1634 utilizada pelo Inmetro. A frenagem regenerativa permanente recupera energia a cada vez que se deixa de exercer pressão sobre o pedal do acelerador e, também, quando freia.

A autonomia da bateria pode ser otimizada por meio do modo de condução ECO acionado facilmente através de um botão no console central. Este modo limita a potência de 33 kW (em vez de 48kW), velocidade máxima a 100 km/h e torna a frenagem regenerativa mais atuante.

Com dimensões externas compactas, o Kwid E-TECH oferece quatro lugares para os passageiros adultos. Com um generoso espaço para cabeça e uma área livre para os joelhos de 100 mm, os lugares traseiros acomodam facilmente as estaturas maiores. O porta-malas oferece a melhor capacidade de carga da categoria: 290 litros, um tamanho digno do segmento superior. Para ainda mais modularidade, o banco traseiro pode ser rebatido, aumentando a capacidade de carga para 1.100 litros.
Com dimensões externas compactas, o Kwid E-TECH oferece quatro lugares para os passageiros adultos. Com um generoso espaço para cabeça e uma área livre para os joelhos de 100 mm, os lugares traseiros acomodam facilmente as estaturas maiores. O porta-malas oferece a melhor capacidade de carga da categoria: 290 litros, um tamanho digno do segmento superior. Para ainda mais modularidade, o banco traseiro pode ser rebatido, aumentando a capacidade de carga para 1.100 litros.

O Kwid E-TECH é recarregado por meio de um conector localizado atrás da grade frontal, na altura do logo. O destravamento do compartimento de recarga é feito por meio de um comando localizado internamente, sob o volante.

A recarga pode ser feita em tomada comum, em Wallbox de corrente alternada (AC) de 7 kW e em carregadores de corrente contínua (DC). Por exemplo, para carregar dos 15% até 80% da carga da bateria em DC são necessários 40 minutos, em um Wallbox de 7kW são 2h54 e em uma tomada doméstica de 220 volts são 8h57.

Enquanto o Kwid E-TECH está carregando, o painel de bordo exibe o indicador de recarga e também mostra a autonomia disponível em quilômetros com o nível de carga atual.

Para facilitar ainda mais o dia a dia dos clientes, a Mobilize, marca de soluções de mobilidade inteligente, energia limpa e dados do Renault Group, fechou parcerias com as empresas WEG e Schneider. Esses carregadores poderão ser adquiridos nas concessionárias ou por assinatura por meio do Renault on Demand.

*Com informações do Inmetro e Renault.

Techdoido

A tecnologia faz parte da nossa vida, e o Techdoido traz as novidades e dicas sobre elas para você neste blog.