Qual a posição do Brasil na economia mundial?

Não faz muito tempo que o Brasil podia se gabar de ser a então sétima maior economia do planeta.

Economia
Publicado em 3/05/2022 por Alan Corrêa
Qual a posição do Brasil na economia mundial?

Estar entre as 10 maiores potências globais era motivo de orgulho para todos na nação, que enxergavam um futuro cada vez mais brilhante e que o país poderia prosperar ainda mais.

Os anos se passaram, crises econômicas vieram, instabilidade política se alastrou pelo país aliado a uma pandemia que assolou todo o mundo. Será que o Brasil conseguiu manter seu status de 7ª maior economia do planeta? Ou ao menos estar presente no top 10?

Posição do Brasil atualmente

Brasil está na 13ª posição no ranking de maiores economias do mundo
Brasil está na 13ª posição no ranking de maiores economias do mundo

O ano de 2008 foi muito importante para a projeção econômica do Brasil: a grande revista ‘The Economist’ coloca em sua capa a foto de Cristo Redentor decolando, mostrando a ascensão econômica que o país estava vivendo. Neste ano, o Brasil era a nova maior economia do mundo.

Nos dois anos seguintes, o país cresceu para 8º e 7º lugares ao decorrer dos anos. De 2010 até 2014 o Brasil se manteve no sétimo lugar. Porém, com o decorrer dos anos e as inúmeras turbulências tanto mundiais quanto internas, o cenário mudou e, nos dias de hoje, nem no top 10 o Brasil figura mais.

De acordo com o último levantamento, mesmo com o crescimento do PIB em 4,6%, o Brasil caiu para a 13ª posição na lista das maiores economias do mundo, seguindo uma queda que vem desde 2019, onde o país foi o 9º colocado e, em 2020, no 12º lugar

Ranking das maiores economias do mundo

  1. EUA
  2. China
  3. Japão
  4. Alemanha
  5. Reino Unido
  6. Índia
  7. França
  8. Itália
  9. Canadá
  10. Coreia
  11. Rússia
  12. Austrália
  13. Brasil
  14. Espanha
  15. México

As 15 maiores economias do mundo

EUA está no topo da lista
EUA está no topo da lista

Já sabemos que o Brasil é a 13ª maior economia do mundo, mas você saberia dizer quais as outras economias que figuram entre as 15 maiores de nosso planeta? Alguns nomes já são conhecidos, porém outros podem te surpreender.

As duas primeiras economias do mundo não são surpresa para ninguém: EUA em primeiro e China em segundo, afinal, ambos os países são conhecidos amplamente por serem potências mundiais. Em seguida, temos países como Japão, Alemanha, Reino Unido, Índia, França, Itália, Canadá e Coreia do Sul para fecharem o top 10. Rússia, Austrália, Brasil, Espanha e México, nesta ordem, fazem o top 15.

Vale ressaltar que, para calcular o quão grande é uma economia, é mensurado o PIB daquele país no ano. Logo, quanto maior o PIB, maior a economia daquele país!

Quais as causas para isso?

O Real é a moeda corrente oficial da República Federativa do Brasil. Após sucessivas trocas monetárias, o Brasil adotou o real em 1 de julho de 1994, que, aliado à drástica queda das taxas de inflação, constituiu uma moeda estável para o país.
O Real é a moeda corrente oficial da República Federativa do Brasil. Após sucessivas trocas monetárias, o Brasil adotou o real em 1 de julho de 1994, que, aliado à drástica queda das taxas de inflação, constituiu uma moeda estável para o país.

Como pudemos observar, o Brasil está em queda na economia global desde 2015 e não tão cedo irá sair desta situação. Mas quais fatores levaram nosso PIB a cair tanto assim?

O primeiro deles, sem sombra de dúvidas, foi a instabilidade política após a reeleição de Dilma Rousseff, que acabou sofrendo impeachment em 2016, dois anos após assumir seu segundo mandato. A crise econômica no país se alastrou e, juntamente à instabilidade política, a queda começou a ocorrer.

Também não podemos esquecer a pandemia de covid 19 que afetou todos os países do mundo, principalmente o Brasil que chegou a ser o epicentro da doença em certa altura de 2020 e não viu escolha a não ser o lockdown e, graças a uma retomada lenta na economia, recessão e uma taxa baixa de juros a época, se viu fora do top 10 pela primeira vez desde 2006.

Existe saída?

Soluções existem para que o Brasil possa voltar a prosperar e alcançar o posto de estar novamente entre as 10 maiores economias do país, mas é um caminho longo e complexo a ser trilhado.

Envolvem várias situações, desde a estabilidade política, a volta de confiança dos investidores estrangeiros para geração de empregos no país (diminuindo assim o valor do dólar também) e, quando estas questões forem sanadas, adotar uma taxa de juros mais baixa, instigando assim a economia a se movimentar, gerando assim mais dinheiro circulando e um PIB maior.

*Com informações do G1 e CNN.

Techdoido

A tecnologia faz parte da nossa vida, e o Techdoido traz as novidades e dicas sobre elas para você neste blog.